Calendário

Agosto 2019
Se Te Qu Qu Se Sa Do
  1 2 3 4
5 6 7 8 9 10 11
12 13 14 15 16 17 18
19 20 21 22 23 24 25
26 27 28 29 30 31  

Alqueva «Traz oportunidades relevantes para o investimento estrangeiro em Portugal»

07.01.13 | Notícias

A Ministra da Agricultura, Mar, Ambiente e Ordenamento do Território, Assunção Cristas, afirmou que o trabalho de reconversão da agricultura realizado no Alentejo, através do Alqueva, «traz oportunidades relevantes para o investimento estrangeiro no sector agrícola em Portugal e para a exportação de produtos agrícolas portugueses». Estas declarações foram feitas numa visita a infraestruturas deste projeto, nos concelhos de Cuba e Ferreira do Alentejo, em Beja, onde a Ministra foi com o seu homólogo finlandês, Jari Koskinen.

Sublinhando que na área de influência do Alqueva, «há ótimas oportunidades para investimento estrangeiro na agricultura com estabilidade de água e sol», a Ministra acrescentou que os recursos hídricos são disponibilizados pelo Alqueva.

Explicando que este projeto está em fase final de conclusão, Assunção Cristas afirmou que assim é possível «ter excelentes condições para a produção de muitos produtos que antes eram impensáveis no Alentejo, mas que hoje são uma realidade, como os hortícolas e os já tradicionais azeite e vinho».

Com o objetivo de «sensibilizar a Finlândia para as oportunidades de investimento na agricultura em Portugal e em Alqueva, e também para a qualidade dos produtos que saem destas nossas terras e podem encontrar no Norte da Europa bom acolhimento», a Ministra frisou que «há hoje oportunidades múltiplas para produzirmos em Alqueva».

Assunção Cristas frisou também que o Governo quer sensibilizar os finlandeses para investirem na zona de influência do Alqueva, acrescentando que «há agricultores disponíveis para fazerem parcerias e arrendarem terras». Por outro lado, afirmou a Ministra, «é importante sensibilizar os finlandeses para a capacidade que Portugal tem para produzir em épocas onde noutros países não se produz devido ao tempo e para a possibilidade do País enviar os seus produtos de grande qualidade também para a Finlândia, como já está a acontecer com outros países, como a Suécia».

A Ministra concluiu, referindo que a verba de 130 milhões de euros que foi desbloqueada do Programa de Desenvolvimento Rural (Proder) para o Alqueva «é a necessária para fazer face aos concursos que estão lançados e a garantia do Governo é que vai continuar a haver dinheiro para concluir este projeto no âmbito do atual quadro comunitário de apoio e do próximo».